Edifício das Nações Unidas em Nova York

Nações Unidas em Nova York

A sede das Nações Unidas em Nova York, foi criada por uma equipa internacional de arquitetos. O edifício principal, o Secretariat, foi um dos primeiros arranha-céus da cidade, em estilo internacional.

Localização

Em 1946 a Organização das Nações Unidas procurava um local para a sua nova sede em Nova York. O seu plano original era utilizar as fundações da World Fair de 1939 no parque de Flushing Meadow em Queens mas quando um projeto conhecido como X-City na fronteira Este de Manhattan não se materializou, o benemérito John D. Rockefeller Jr. comprou os 18 hectares de terreno e doou-o à Organização das Nações Unidas. Este local foi então utilizado para construir a sede das Nações Unidas e toda a área foi convertida em território internacional, não pertencendo oficialmente aos Estados Unidos.

Arquitetura

O projeto para o complexo das Nações Unidas foi elaborado por um comitê internacional de arquitetos, o United Nations Board of Design. Alguns dos mais notáveis arquitetos envolvidos neste projeto foram Oscar Niemeyer, Le Corbusier e Wallace K. Harrison. Outros arquitetos de renome tais como Mies van der Rohe e Walter Gropius foram excluídos deste conselho devido aos seus laços históricos com a Alemanha, o país instigador da 2ª Guerra Mundial.

O estilo internacional foi escolhido pelo conselho de arquitetos pois simbolizava um novo começo após esta guerra. O arquiteto Le Corbusier desenhou um plano de projeto denominado de 23ª que foi escolhido como a base de trabalho para o projeto do edifício das Nações Unidas em Nova York. Após muitos meses de discussão, o plano final 23W desenhado por Oscar Niemeyer, foi aceite por todos os arquitetos membros do conselho. Este plano consiste num complexo de 4 edifícios: The Secretariat, o General Assembly, o Conference e a biblioteca Dag Hammarskjöl.
Edifício das Nações Unidas em Nova York

O Secretariat

O maior dos 4 edifícios que compõem o complexo das Nações Unidas em Nova York, é o Secretariat, onde se encontra a administração da ONU. Este edifício de 39 andares e 166 metros de altura tornou-se num símbolo mundialmente reconhecido das Nações Unidas.

A torre construída em vidro verde, a primeira do género em Nova York, contrasta com o edifício Tudor City ali perto. A construção do Secretariat iniciou-se em Setembro de 1949 e foi concluída em 1950 e o complexo total teve a sua obra concluída dois anos mais tarde.

O Secretariat abafa o edifício da General Assembly, de cinco andares, adjacente, sendo este o edifício mais baixo do complexo. O salão do General Assembly comporta 1800 pessoas sentadas e nele ocorrem reuniões entre os vários representantes da ONU de todo o mundo.

O edifício Conference que se situa por trás do Secretariat e do General Assembly alberga o conselho de segurança da ONU e o conselho Económico e Social.

 

O parque

Adjacente ao edifício das Nações Unidas existe um pequeno parque público na margem do East River. Este parque encontra-se repleto de obras de arte doadas por diversos países incluindo a obra “’Let Us Beat Swords into Plowshares” concretizada pelo artista Evgeniy Vuchetich e doado pela União Soviética em 1959 e ainda uma das secções do Muro de Berlim.

Ao longo da First Avenue em frente ao edifício da sede das Nações Unidas em Nova York, estão expostas as bandeiras de cada um dos membros da ONU, começando com a bandeira do Afeganistão na 48th Street e terminando com o Zimbabwe na 42th Street.

 

Não deixe de visitar este magnífico edifício na sua visita a Nova York. Imperdível!